Ratinho, Adão e Ivo

Participaram do programa do Ratinho do dia 04 de novembro os Reverendos Márcio Retamero (RJ) e Cristiano Valério (SP), da Igreja da Comunidade Metropolitana e o cantor Emanuel de Albertin, autor da "música evangélica" Adão e Ivo, considerada homofóbica.

A intenção foi boa, mas acabou virando barraco, para variar, como pode ser visto no vídeo abaixo.

Sempre embasado em passagens soltas da Bíblia o "cantor" insiste em impedir que os Reverendos expliquem ao público o porquê de considerarem a música homofóbica.

Fico assustada com a intolerância que presencio quando vejo algumas pessoas que se apoiam na Bíblia para julgar a homossexualidade. Essas pessoas parecem se tornar cegas e agressivas para convencer os demais de que somente eles estão certos (vide a quantidade de vezes que o dito cantor se levanta da cadeira e avança sobre os religiosos, que permancem sentados e a quantidade de vezes que os interrompe, tendo inclusive o microfone cortado para permitir que os demais pudessem expor suas idéias).

No mais, fica a dica para outros programas, menos barraqueiros e mais organizados fazerem o mesmo de forma a mostrar à sociedade que o que se deseja com criação de leis pró pessoas LGBT não são regalias e sim, igualdade de direitos.



3 comentários:

®ËßËWÐË disse...

abrir a porta pra esse cantorzinho ignorante e homofóbico é dar pano pra manga pra esses evangélicos arrogantes que vivem pregando a "guerra" e se apoiando no lvro sagrado...


MORTE AOS EVANGÉLICOS !!!

FOGUEIRA NELES !!!

Renata J. disse...

Calma, ®ËßËWÐË! Sem extremismo. Afinal, os evangélicos, como nós, também são filhos de Deus. rs

Anônimo disse...

videos tende se legais isso e chato e inapropriado para pessoas de classes muito pequenas (criancas)vc pode naum concordar com migo mais o mundo seria muito melhor sem estes tipos de tamanha babaquise ratinho e idiota

Postar um comentário