Política e Homofobia


Esse ano foi ano de eleições. Uma campanha suja e sem fundamentos, baseada em fofocas, espionagem e plano de governo que é bom: nada!

Elegeram Tiririca como deputado federal! Uma pessoa que teve que provar, depois de eleito, que sabia ler, pois havia dúvidas sobre essa sua capacidade. Comprovou que sabe ler e escrever. Mas o que ele sabe sobre política? E os votos do palhaço carregaram outros candidatos não tão bem votados, mas bem mais experientes (em que, não posso afirmar).

Elegeram a cantora gospel Lauriete! "Além de cantar, ser mãe, ser esposa, Lauriete administra, junto com seu esposo, a sua produtora fonográfica Praise Records". Deve ser muito útil para ser uma deputada federal essas habilidades apresentadas pelo site Profético.

O que farão essas pessoas por nosso país? Que leis criarão ou aprovarão?

Elegemos, eleiçãoa após eleição, pessoas despreparadas para esses cargos! Pessoas que não entendem a importância desses papéis para o país. Não sei no que pensam essas pessoas ao tentarem se eleger. Dinheiro, poder?

Acredito que muitos querem mudar o país à sua maneira. Então, vemos politicos falando asneira na plenária. Destilando seu preconceito, seu ódio, contra a própria população.

Como o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Um saudosista da ditadura que legisla contra os direitos humanos. Sua última declaração nos atinge diretamente em uma semana tão cheia de violência contra os homossexuais.

O Deputado sugeriu queos pais deveriam bater nos filhos com tendências homossexuais durante o programa "Participação Popular", da TV Câmara.

Discutindo a Lei da Palmada, o deputado (foi eleito por NÓS!) disse: "O filho começa a ficar assim meio gayzinho, leva um coro, ele muda o comportamento dele. Olha, eu vejo muita gente por aí dizendo: ainda bem que eu levei umas palmadas, meu pai me ensinou a ser homem".

Esse homem não deve pensar! Mais um político, como tantos no Brasil, que demonstra seu preconceito. Outros demonstram de forma menos explícita, como pedindo vista de projetos importantes para diminuir a violência no país e outras tantas, não somente relacionadas às pessoas LGBT.

Precisamos exigir respeito e exigir uma punição contra esse senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário