Desculpem meus poemas


O que são poemas?
Realidade ou devaneios?
Um poeta não vive a realidade
Ela é dura e cruel
A realidade não se controla

Poemas são devaneios e delírios
Extratos de uma realidade imaginária
De um passado não mais real

Não julgue meus poemas
Não condene meus sonhos
Não machuque minhas ilusões
Deixe-os serem belos e ilusórios

Mas se meus poemas fizerem alguém sofrer
Perdoe essa poeta
Que só da vida à palavras, metáforas e sonhos

Somente reflita
Sonhos também não se controlam
Mas sonhos não são reais

Nenhum comentário:

Postar um comentário