Educação e Diversidade Sexual: desafios e perspectivas

Acabo de chegar do Seminário Educação e Diversidade Sexual: desafios e perspectivas, organizado e coordenado pelo Coletivo Estadual de Diversidade Sexual do SINDIUPES (Sindicato dos(as) Trabalhadores(as) em Educação Pública do Espírito Santo).

Exausta após quase 10 horas de Seminário vou resumir em algumas linhas tudo o que ocorreu e depois posto com mais detalhes os momentos mais interessantes.

Primeiro avaliando o seminário: espetacular! 270 pessoas encheram o auditório. Professores(as), coordenadores(as), diretores(as). Uma iniciativa muito boa do SINDIUPES, afinal, é mudando a forma de pensar das crianças que criaremos um mundo melhor, mas para isso precisamos mudar a cabeça dos educadores...

Após o credenciamento (super organizado), o evento foi oficialmente aberto (com 30 minutos de atraso) com as boas vindas de Christovam de Mendoça e apresentação de um vídeo do Gudds (Grupo Universitário em Defesa da Diversidade Sexual).

Após composta a 1ª mesa, cantamos todos o Hino Nacional e tivemos a apresentação cultural de Labelle Beauty.

Na 1ª mesa, composta pelo Prof. Dr. Alexsandro Rodrigues (UFES), Carlos Magno (ABLGBT) e Profª. Drª. Cláudia Maria Ribeiro (Universidade de Lavras) falou-se sobre Sexualidade Infantil, Direitos Humanos LGBT e Diversidade Sexual nas Redes de Proteção, respectivamente.

Em seguida foi composta a 2ª mesa, com a profª Drª Jane Felipe de Souza e com a juíza Ivone Vila Nova, que acordou a todos no final da manhã de palestras.

Após o almoço, mais um show com a Gizelly Sumer e a formação da 3ª mesa, composta pelo Prof. Luiz Cláudio Kleaim (PLUR@AL) e a Profª Fátima Aparecida da Silva (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação).

As 3 primeiras mesas foram de palestrantes que expuseram seus trabalhos em 30 minutos com direita a perguntas dos seminaristas.

As duas últimas mesas foram formadas por movimentos LGBT do ES, a saber: Durvalina Maria Sesari Oliosa (Gerência de Políticas de Direitos Humanos), Vanilly Borghi (GOLD-Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade), Deborah Sabará (travesti e porta bandeira da Imperatriz do Forte São João), Pastora Eliana Ferreira Vilela (Igreja da Comunidade Metropolitana) , Bruno Kimai (Imprensa LGBT Espírito Santo), Antônio Lopes de Souza Neto (Coordenação do Curso Gênero e Diversidade na Escola), Gean Carlos Nunes de Jesus (Fórum Municipal LGBT de Serra), Cleber Teixeira (Fórum Estadual em Defesa dos Direitos LGBT), Ariane Meireles (Santa Sapataria – Lésbicas e Bissexuais do ES) e Henrique José Alves Rodrigues (PLUR@L – Grupo de Diversidade Sexual).

Como podem notar, são muiiiiiiitas coisas para serem comentadas! Amei o evento e parabenizo o SINDIUPES pela iniciativa. A Educação Brasileira precisa de mais eventos assim.

Depois volto e comento com mais detalhes as participações mais interessantes.

Mas deixo, abaixo, o vídeo do GUDDS, apresentado no início do evento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário