1ª Marcha de Luta contra a Homofobia


Fonte: Yahoo

Centenas de homossexuais e simpatizantes realizaram hoje uma manifestação de protesto em Brasília para pedir às autoridades a elaboração de leis que protejam seus direitos e castiguem a discriminação sexual.

Os manifestantes levaram uma grande bandeira colorida, símbolo da luta contra a homofobia, às portas do Congresso. Os participantes da passeata reclamam da falta de iniciativa para proteger os direitos dos homossexuais e travestis.

Muitas dos casais se beijaram em plena marcha, em um gesto que ainda não é muito comum nas ruas e lugares públicos do Brasil fora dos círculos de homossexuais.

A passeata foi organizada pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) por causa do Dia Mundial contra a Homofobia, comemorado no dia 17 de maio.

O grupo protestou pela falta de leis que consagrem a igualdade de direitos, a paralisia na Suprema Corte de várias ações pelos ataques a gays e pelas diferentes formas de violência e intimidação que os cerca de 20 milhões de homossexuais reconhecidos no Brasil sofrem diariamente, segundo a ABGLT.

No Brasil um homossexual é morto a cada dois dias, segundo dados desta organização, que, além disso, denunciou os ataques sistemáticos e preconceitos contra gays nas escolas, em suas próprias casas e em quase qualquer esfera da sociedade.

Manifestações como essa, a meu ver, têm maior impacto para as ações desejadas pela comunidade LGBT e maior credibilidade que as Paradas Gays. Uma manifestação séria, com um objetivo bem definido, onde as pessoas que participaram tinham como única meta a de exigir os nossos direitos.

Parabéns à ABGLT pela organização do evento e parabéns a todos os que se deslocaram, nas diversas caravanas, à Brasília.


Nenhum comentário:

Postar um comentário