Para Bento 16, casamento gay ameaça criação divina



Fonte: Mix Brasil

O papa Bento 16 deu mais uma prova de sua intolerância contra homossexuais. Nesta segunda, 11, o líder da Igreja Católica se reuniu com diplomatas para avaliar os recentes acontecimentos mundiais e afirmou que o casamento gay deveria gerar tanta preocupação quanto as agressões ao meio ambiente. Para Bento 16, os países que contam com leis que reconhecem legalmente a união entre pessoas do mesmo sexo estão colaborando para "enfraquecer as diferenças entre os sexos".

Na cabecinha grisalha do papa, o casamento gay é uma ameaça à criação divina. "As criaturas diferem-se uma das outras e podem ser protegidas, ou colocadas em perigo, como sabemos a partir da experiência diária. Um ataque desse tipo vem de leis ou propostas que, em nome da luta contra a discriminação, atingem a base biológica da diferença entre os sexos", afirmou o religioso, que disse ainda estar pensando, "por exemplo, em alguns países da Europa ou da América do Sul e do Norte".

A declaração foi interpretada como uma crítica a Portugal, Cidade do México e uma província argentina, que recentemente deram a casais gays permissão para se casarem.

Em outro de seus muitos rompantes nada amigáveis, Bento 16 chegou a dizer que a homossexualidade é tão perigosa para a humanidade quanto o desmatamento de florestas.

Um comentário:

Anônimo disse...

Perigoso mesmo é quando um menino estuda no colegio de padres e entregando sua confiança a um religioso ele abusa do menino... e tem, ainda a cobertura da Igreja...isso sim é perigoso...não um homem amar ao outro e lhe ser fiel na alegria e na tristeza na saude e na doença, onde está o AMAI-VOS UNS AOS OUTROS????????????????Que bom que este é o ultimo Papa da Igreja...aguardem o Papa Negro...

Postar um comentário