Mais uma que sai do armário

Para as meninas que sempre a acharam com um ar ingênuo e que vivia se insinuando para o Ken (que saiu recentemente do armário no filme Toy Story 3) pode ser uma decepção… Ou não! Tiraram a Barbie da caixa, digo, do armário! Uma dupla de artistas argentinos fez um calendário para o ano de [Leia mais]

InTolerância

Esse é o nome da recém lançada revista do Laboratório de Estudos sobre Intolerância (LEI), da Universidade de São Paulo (USP). A revista abre espaço para artigos, resenhas, entrevistas e documentos históricos com a perspectiva de enriquecer o debate sobre a tolerância e intolerância na área das humanidades, nas artes e na cultura. Na primeira [Leia mais]

"Não sou lésbica!"

Essa foi a resposta dada por Oprah Winfrey em entrevista à Barbara Walters sobre os rumores de que ela teria um caso com sua amiga, Gayle King. A apresentadora continuou seu desabafo afirmando que “a razão pela qual isso [os rumores] me irrita é que isso quer dizer que alguém deve pensar que estou mentindo. [Leia mais]

Prova com texto homofóbico


Após a prova do ENEM apresentar um texto anti-homofobia para os jovens de nosso país, um professor de uma faculdade particular de Teresina faz o contrário, desagradando seus alunos e a instituição. Uma das alunas, homossexual, questionou o texto e o professor falou para ela continuar respondendo ou entregar a prova. A aluna se retirou [...] (Ler tudo)

Depois da tempestade…

Parece que tem surtido efeito na sociedade a violência sofrida por homossexuais na semana do dia 15 de novembro. E esse reflexo tem sido positivo! O Jornal O Globo, em editorial de ontem, aponta a necessidade de criminalização da homofobia: O país já dispõe de legislação apropriada para punir outras expressões de intolerância e doença [...](Leia mais)

Pluricidade


A prefeitura de Vitória promove pelo 6° ano consecutivo o Pluricidade, pois para promover a igualdade é preciso reconhecer e respeitar as diferenças. A população de Vitória tem a oportunidade de exercer a cidadania e ampliar as discussões sobre o respeito à diversidade e a igualdade para todos.

O evento tem como objetivo promover o reconhecimento dos direitos da mulher, da população LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), da população negra, a educação para o consumo consciente e sustentável e a prática dos direitos humanos.

O projeto trabalha como eixo cinco datas especiais, que são conquistas da sociedade: o Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro); o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher (25 de novembro); o Dia Internacional de Luta contra a Aids (1º de dezembro); o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência (3 de dezembro); e o Dia Internacional dos Direitos Humanos (10 de dezembro).

Programação:
25 a 27 de Novembro
II Conferência Municipal de Direitos Humanos de Vitória

26 a 30 de Novembro
I Mostra Cine Aids Vitória

28 de Novembro
4ª Corrida de Rua “Zumbi dos Palmares”
Praia de Camburi
8h

30 de Novembro
III Encontro de Promotores de Cidadania
Auditório Semcid – Casa do Cidadão
18h30 às 21h30

1 de Dezembro
Canto Solidário - Tributo a Cazuza
Theatro Carlos Gomes
20h

4 de Dezembro
I Encontro de Integração Comunitária do Projeto Exercendo Cidadania
Parque Municipal Pedra da Cebola
8 às 12h

6 de Dezembro
Campanha Nacional “Dia D do Laço Branco”
Vila Rubim e Praça Costa Pereira
8 às 12h

8, 9 e 10 de Dezembro
Direitos Humanos no Cotidiano
11 às 14 horas

10 de Dezembro
I Mostra Cultura e Diversidade
Escola de Teatro e Dança Fafi
9 às 17h30

10 de Dezembro
Mulheres Cantam e Encantam Vitória
Centro Cultural Carmélia
20h

11 de Dezembro
III Dia de Cidadania LGBT
Praça ao lado do Bobs, Praia do Canto
13 às 21h

12 de Dezembro
V Manifesto do Orgulho LGBT de Vitória
Praia de Camburi
A partir das 13h

13 a 15 de Dezembro
É Tempo de Mulher
13 às 17h

Pela Fresta Programa 6

Luz no fim do túnel?



As reações contra os últimos casos de homofobia são muitas e corretas. Protestos por nós, cidadãos e cobranças por leis que impeçam a violência por preconceito.

PLC 122 SIM!

Em 19/11, no Senado, Toni Reis, Pres. da ABGLT, ressalta o combate a homofobia e defende que o Brasil é um País que respeito à diversidade e a Sen. Fátima Cleide pede ao Senado que agilize a votação do PLC Nº 122 que trata do combate a diversas discriminações.

Vamos cobrar também! Mande uma mensagem aos Senadores de seu estado por meio do Fale com o Senado cobrando a aprovação do PLC n° 122.

Pela Fresta Programa 5

Pela Fresta Programa 4

Política e Homofobia


Esse ano foi ano de eleições. Uma campanha suja e sem fundamentos, baseada em fofocas, espionagem e plano de governo que é bom: nada!

Elegeram Tiririca como deputado federal! Uma pessoa que teve que provar, depois de eleito, que sabia ler, pois havia dúvidas sobre essa sua capacidade. Comprovou que sabe ler e escrever. Mas o que ele sabe sobre política? E os votos do palhaço carregaram outros candidatos não tão bem votados, mas bem mais experientes (em que, não posso afirmar).

Elegeram a cantora gospel Lauriete! "Além de cantar, ser mãe, ser esposa, Lauriete administra, junto com seu esposo, a sua produtora fonográfica Praise Records". Deve ser muito útil para ser uma deputada federal essas habilidades apresentadas pelo site Profético.

O que farão essas pessoas por nosso país? Que leis criarão ou aprovarão?

Elegemos, eleiçãoa após eleição, pessoas despreparadas para esses cargos! Pessoas que não entendem a importância desses papéis para o país. Não sei no que pensam essas pessoas ao tentarem se eleger. Dinheiro, poder?

Acredito que muitos querem mudar o país à sua maneira. Então, vemos politicos falando asneira na plenária. Destilando seu preconceito, seu ódio, contra a própria população.

Como o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Um saudosista da ditadura que legisla contra os direitos humanos. Sua última declaração nos atinge diretamente em uma semana tão cheia de violência contra os homossexuais.

O Deputado sugeriu queos pais deveriam bater nos filhos com tendências homossexuais durante o programa "Participação Popular", da TV Câmara.

Discutindo a Lei da Palmada, o deputado (foi eleito por NÓS!) disse: "O filho começa a ficar assim meio gayzinho, leva um coro, ele muda o comportamento dele. Olha, eu vejo muita gente por aí dizendo: ainda bem que eu levei umas palmadas, meu pai me ensinou a ser homem".

Esse homem não deve pensar! Mais um político, como tantos no Brasil, que demonstra seu preconceito. Outros demonstram de forma menos explícita, como pedindo vista de projetos importantes para diminuir a violência no país e outras tantas, não somente relacionadas às pessoas LGBT.

Precisamos exigir respeito e exigir uma punição contra esse senhor!

#HomofobiaNao


Você tem Twitter? Então entre na campanha e em suas postagens insira a hash tag #HomofobiaNao.

Essa campanha começou no dia 17 de novembro em protesto à violência contra homossexuais dessa semana e alcançou o Trending Topics no Twitter.

Mas os preconceituosos criaram uma campanha contrária... (e tem gente que afirma que homofobia não existe!)



Precisamos combater a homofobia na Internet também. Xigamentos, ofensas e piadinhas também são uma forma de violência. Denuncie!

O Safernet é uma associação civil de direito privado, com atuação nacional, contra crimes cibernéticos. Nesse site você pode denunciar crimes de Pornografia Infantil,Racismo, Apologia e Incitação a crimes contra a Vida, Xenofobia, Neo Nazismo, Maus Tratos Contra Animais, Intolerância Religiosa, Homofobia e Tráfico de Pessoas. As denúncias são enviadas para o Ministério Público.

Além disso, devemos pressionar nossos governantes. PLC 122/2006, JÁ! Criminalizar a homofobia é necessário? Quantos mais deverão sofrer?

Pela Fresta Programa 2

Dia Mundial da Gentileza


Há 14 anos, em uma conferência realizada em Tóquio, surgiu a idéia do “World Kindness Movement” (Dia Mundial da Gentileza). Nesse encontro ficaram estabelecidas a troca de exemplos e uma network informal de troca de gentilezas.

A declaração desse movimento foi assinada em setembro de 1997 e pode ser encontrada no site www.worldkindness.org.sg.

Em novembro de 1998, na I Conferência Mundial do Movimento, ficou decidido que 13 de novembro seria o “Dia Mundial da Gentileza.

E você? Já foi gentil com alguém hoje? Dê bom dia a todos, agradeça às gentilezas recebidas, abra a porta para alguém, dê seu lugar a alguém mais velho no ônibus. Não somente hoje, pois gentileza deve ser um exercício diário.

GENTILEZA GERA GENTILEZA! E nosso mundo tem precisado disso.

Pedofilia é crime para quem?

No dia 11 de novembro, o Portal Terra publicou uma reportagem sobre um garoto de 18 anos preso por beijar um menino de 13 anos no cinema.


"No Brasil, a idade de consentimento para o sexo, em geral, é de 14 anos, conforme o novo artigo 217-A do Código Penal, modificado pela lei nº 12.015/2009, artigo 3º[2]. O artigo 217-A do Código Penal define como “estupro de vulnerável” o ato de “ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos, com pena de reclusão de 8 a 15 anos[3], independente se houve ou não violência real. Ou seja, se um adolescente menor de 14 anos praticar algum ato sexual, presume-se legalmente a violência sexual, ainda que o mesmo tenha realizado o ato sexual por livre e espontânea vontade." (WIKIPÉDIA)

Logo, pela lei, o rapaz não está cometendo crime de pedofilia, visto que somente deu um beijo no garoto. Mas vamos à história, que tem muito mais do que a discussão sobre a pedofilia envolvida.

O jovem de 18 anos foi preso em flagrante na quarta-feira, em um shopping da zona norte de São Paulo, acusado de abuso sexual de menor (mas ele só foi flagrado dando um beijo!). Uma mulher que passeava pelo shopping o viu com um menino de 13 anos e, considerando a atitude suspeita, acionou a polícia.

Gente, o que há de suspeito em um rapaz de 18 anos andar com um menino de 13 anos em um Shopping? Dois irmão, dois primos... Mas um deles, obviamente, devia ter trejeitos, o que chamou atenção da senhora. Se fosse um casalzinho, com um rapaz de 18 e uma mocinha de 13, óbvio que isso não chamaria atenção!

Um dos investigadores afirmou que os dois eram namorados e foram flagrados se beijando dentro do cinema (beijo hétero não é crime, beijo homo é?). Segundo a polícia, os pais do menino de 13 anos não sabiam do relacionamento do filho, mas a "criança" afirma que beijou o rapaz por vontade própria. O rapaz continua preso.

Essa reportagem gerou diversos comentários homofóbicos no site do Terra. Mas esse comentários têm dado lugar a outros onde pessoas querem ajudar o tal rapaz e conseguem enxergar o preconceito ocorrido nessa prisão.

Alguns citam alguns casais hétero cujos maiores deveriam ser presos: Kelly Key(13) e Latino (23), Malu Magalhães (15) e Marcel Camelo (29), Dani Sarayba (14) e Marcio Garcia (28)... E vai dizer que só rolava beijinho nesses namoros?

HIPÓCRITA e HOMOFÓBICA a boa cidadã que denunciou o rapaz! HIPÓCRITAS e HOMOFÓBICOS os policiais que prenderam o jovem. Mas estou surpresa e feliz com as reações dos leitores do Terra.

Essas reações me fazem acreditar que as coisas podem melhorar, mesmo com alguns ainda destilando esse ódio irracional sobre nós.

Yeah! It gets better.

Para ler a reportagem e ver os comentários, visite o Terra.

Milionário britânico (des)muda de sexo

Transexualidade é uma condição considerada pela Organização Mundial da Saúde como um tipo de transtorno de identidade de gênero,mas pode ser considerada apenas um extremo do espectro de transtorno de identidade de gênero e refere-se à condição do indivíduo que possui uma identidade de gênero diferente a designado no nascimento, tendo o desejo de viver e ser aceito como sendo do sexo oposto.

Geralmente o transexual sentem desconforto de seu próprio sexo anatômico e desejam fazer uma transição de seu sexo de nascimento para o sexo oposto com ajuda médica para seu corpo.

E quando um trans muda de sexo e decide desmudar?

Parece coisa de filme de Pedro Almodóvar, mas isso realmente aconteceu!

O milionário britânico Sam Hashimi mudou de sexo em 1997, transformando-se em Samantha Kane.

Em 2005, ele se arrependeu e se transformou em Charles Kane (agora com 50 anos) e agora vai se casar com Victoria.

Na primeira mudança ele gastou cerca de £100 mil (aproximadamente R$ 274 mil) em operações e chegou até a ter um relacionamento sério com outro milionário.

Depois de sete anos vivendo como mulher, ele se arrependeu, enjoando da vida que levava como mulher e descobriu que queria continuar sendo homem - odiou a instabilidade emocional dos hormônios femininos e cansou das compras e decepcionou-se com o sexo com homens.

Charles gastou mais £25 mil (R$ 68 mil) em mais três operações para voltar a ser homem.

Esse lance de mudar de sexo para mim é meio complexo e concordo com toda a burocracia existente para permitir essa mudança. Às vezes a pessoa confunde um pouco às coisas e esquece que homem e mulher são dois bichinhos muito diferentes.

Lembram-se da trans Moira/Max do The L Word. Começou o processo para mudança de sexo e no meio da transformação apaixonou-se por um homossexual masculino com quem, inclusive teve um filho!

A série mostrou toda a transformação de Moira em Max, não somente a física, mas a causada pelas injeções de testosterona que a tornaram violenta. Em Sam/Samantha/Charles foi a instabilidade emocional das TPMs mensais.

Sendo assim moças (e moços), antes de inventarem de mudar de sexo, procurem se informar melhor do que isso significa, não somente no que diz respeito à parte física, mas todos os demais aspectos dos diferentes gêneros.

Euzinha prefiro ser uma mulher e curtir ao máximo o que uma mulher tem para me oferecer - em todos os aspectos!

Nervos@ cancelada

A festa Nervos@, que ocorreria amanhã na UFES, foi cancelada devido à greve dos bolsistas da Universidade...

(Só porque eu ia...)

Teste: Qual música da Adriana Calcanhoto fala por você?

Teste interessante disponível noo site Parada L�sbica.

Eis meu resultado! Vai lá e veja qual música da Adriana fala por você. Comigo, bateu!


Senhas


Senhas


Revolucionária. É assim que seus amigos lhe caracterizam. Você tem ideais mas respeita as opiniões, pois sabe o valor da diversidade. Tem estilo pessoal e opinião própria, o que lhe faz se destacar entre os demais. Sua paixão pode mudar o mundo, basta colocar mais em prática todas as boas ideias que tem. Sua liberdade é seu brilho e charme.

Outra Calcanhotto para sua trilha: Vamos Comer Caetano.


Qual música da Adriana Calcanhotto fala por você?




Teste publicado no site Parada L�sbica.

Beijos de protesto

Os ativista LGBT de Barcelo, Espanha, botaram, literalmente, o Papa para correr. Em 07 de novembro, Acostumado a circular a 10 km/h, o Papamóvel desenvolveu 40 km/h para evitar que o Papa ficasse muito tempo próximo ao protesto à política da Igreja Católica contra os direitos dos homossexuais.

Em sua visita a Barcelona, o Papa Bento XVI encerrou sua viagem de dois dias à Espanha com uma mensagem de condenação ao aborto e um pedido aos Estados para que apóiem as mulheres e os casamentos heterossexuais.

Por ocasião de sua visita a Barcelona, grupos de homossexuais organizaram manifestações na cidade e organizaram um beijaço.

Para Bento XVI, a Espanha necessita de uma reevangelização e após ele criticar o laicismo que existe no país. José Luis Rodríguez Zapatero, ministro espanhol, em breve encontro com o pontífice, destacou que seu Governo reconhece o peso da Igreja Católica, mas garante a liberdade a todos.

Já gostava da Espanha. Madri e Barcelona são encantadoras. Acho que vou me mudar para lá...

Coletivo Caos Ação

Dias 11 e 12 de novembro acontece na Universidade Federal do Espirito Santo o Caos Ação. Debates, mesas-redondas, mostra de filmes com temática LGBT e festa.



Mais uma dica do Babado Certo!

Hoje acordei Kate Perry

Excelente clip, excelente letra!



Fogo de Artifício
Você já se sentiu como um saco plástico
Flutuando pelo vento
Querendo começar de novo?

Você já se sentiu frágil
Como um castelo de cartas
A um sopro de desmoronar?

Você já se sentiu enterrado
Gritando sob sete palmos
Mas ninguém parece ouvir nada?

Você sabe que ainda há uma chance para você?
Porque há uma faísca em você

Você só tem que acendê-la
E deixá-la brilhar
Apenas domine a noite
Como 4 de julho

Porque baby, você é um fogo de artifício
Vá em frente, mostre o que você vale
Faça-os fazer "oh, oh, oh"
Enquanto você é atirado pelo céu

Baby, você é um fogo de artifício
Vamos, deixe suas cores explodirem
Faça-os fazer "oh oh oh"
Você vai deixá-los todos surpresos

Você não tem que se sentir como um desperdício de espaço
Você é original, não pode ser substituído
Se você soubesse o que o futuro guarda
Depois de um furacão vem um arco-íris

Talvez a razão pela qual todas as portas estejam fechadas
É que você possa abrir uma que te leve para a estrada perfeita
Como um relâmpago, seu coração vai brilhar
E quando chegar a hora, você saberá

Você só tem que acender a luz
E deixá-la brilhar
Apenas domine a noite
Como o dia 4 de julho

Porque baby, você é um fogo de artifício
Vá em frente, mostre o que você vale
Faça-os fazer "oh, oh, oh"
Enquanto você é atirado pelo céu

Baby, você é um fogo de artifício
Vamos, deixe suas cores explodirem
Faça-os fazer "oh oh oh"
Você vai deixá-los todos surpresos

Boom, boom, boom
Mais brilhante que a lua, lua, lua
Sempre esteve dentro de você, você, você
E agora é hora de deixá-lo sair

Porque baby, você é um fogo de artifício
Vá em frente, mostre o que você vale
Faça-os fazer "oh, oh, oh"
Enquanto você é atirado pelo céu

Baby, você é um fogo de artifício
Vamos, deixe suas cores explodirem
Faça-os fazer "oh oh oh"
Você vai deixá-los todos surpresos

Boom, boom, boom
Mais brilhante que a lua, lua, lua
Boom, boom, boom
Mais brilhante que a lua, lua, lua

O arco-íris com as sete leis espirituais, à luz do cristianismo, contra a homofobia


O Pr. Patrick Thiago Bomfim, Co-fundador e Conselheiro Permanente do Ministério Nação Ágape, um Ministério criado com o objetivo de celebrar o Amor Inclusivo de DEUS, criou, a pedido de Toni Reis, da ABGLT 07 leis espirituais contra homofobia, para combater o fundamentalismo religioso cristão.

Segundo a Bíblia Sagrada, no livro de provérbios, se seus olhos forem bons, todo o seu corpo estará em luz! Já a boca, esta fala daquilo que o coração está cheio, concentrando em si o poder da vida e da morte. Use as palavras abaixo para dar vida! Portanto, boa leitura e boa discussão.

1. DEUS criou a humanidade, chamada de ‘Adan’. E entre a humanidade criou você e eu, nos criou. Somos igualmente a imagem e semelhança de DEUS: a diversidade. Nem homem e nem mulher, mas DEUS é, ao mesmo tempo, tudo isto e mais um pouco. DEUS é a força que nos faz viver. Tudo sabe e conhece. É o nosso Pastor e sabe que somos gays (alegres). Assim, nenhuma força maligna ou contrária nos virá além do que podemos sustentar e enfrentar. Esta é a batalha que vence o mundo... A nossa fé. Como gays daremos conta de vencer! Ou melhor, já somos mais que vencedores, em CRISTO JESUS! Muitos outros conseguiram! Davi, por exemplo, era bissexual e mesmo assim era ser humano segundo o coração de DEUS. Amplamente, tinha amor incondicional por seus filhos. Portanto, marchem, pois seremos consolados.

2. Diante da Homofobia lembramos que a exclusão por falta de hospitalidade é idolatria que promove abominação aos Olhos de DEUS, violação do princípio mais importante e mais antigo, de todos os tempos. Além disto, sabemos que DEUS não faz distinção/acepção de pessoas. Falsa crença de justiça, sinônimo de machismo e agressividade, por ser crime de ódio, a homofobia é pecado. Como crime civil deve ser denunciado às autoridades competentes, já que seu objetivo é tão somente apagar a alegria dos gays – sorriso do mundo.

3. Na prática teológica, fica evidente que a verdadeira solução para quem é perseguido por sua forma de ser, é sair do armário, ao invés de se esconder, e enterrar seu Dom e seu Talento, para se viver a glória da segunda casa e as promessas de DEUS. Sair do armário simboliza batismo por caminho publicamente estreito, que conduz à salvação, pois a homofobia é o inferno.

4. Segundo palavras de JESUS CRISTO, não existe pastor além de DEUS que está nos céus (Mateus 23). Se na lógica de traduções equivocadas dos fundamentalistas não nos consideram como irmãos, pastores homofóbicos não são pastores! São predadores que buscam ancorar-se na temática gay para se auto-promoverem! Então, ao identificar aspectos de lobos em meio às lideranças evangélicas, carismáticas ou mesmo tradicionais, não continue vivendo os abusos, refém das violências espirituais expostas nestes locais. Saia e não financie a homofobia! Não dê dinheiro para projetos, que como na África, assinam homossexuais, e falsamente dizem que agem em nome de DEUS! Adotem homossexuais negligenciados e expulsos de casa... Esta sim, será a maior prova de Amor para com DEUS! Além disto, ao deixar estas comunidades, logo em seguida, seus familiares perceberam que também não são bem-vindos naquele lugar. Pois DEUS não está mais lá ou nunca esteve, já que El@ não se move para promoção de desigualdades e ódios, antes para justiça e paz.

Não dêem dízimos e ofertas para pessoas e entidades religiosas violentas. Se gritam com você, imagem o que farão com os mais humildes. Eles se alimentam da fragilidade e vulnerabilidade que tentam nos impor. Além do mais, você não vai conseguir respeito por pagar o salário deles e nem tão pouco eles vão devolver suas ofertas caso percebam que você é gay. Seria interessante devolução de oferta, acrescida de multa, por todos os (des)serviços prestados a nós, LGBT, pois continuamos igualmente gays: homossexuais ou ‘alegres’ em assumir identidade de gênero T, entre outras!

Cuidado, principalmente com aqueles que misturam governabilidade de estado e religião, na crença de dominação, massificação e reprodução de tudo que historicamente já se avançou em direitos humanos, por conquistas na busca de igualdades de direitos. Alegam o medo presente por receio de serem perseguidos, o que seria inclusive apenas resposta em relação ao (des)estimulo que emitem. Mas não se acompanha instituições que promovem ações contrárias às de DEUS! Qual LGBT que conscientemente gostaria de assistir ou freqüentar igreja de gente homofóbica? Nenhum@! Aliás, qual pessoa gosta de freqüentar lugares que se afastam da inesgotável paz acolhedora de DEUS?

5. Segundo palavras de JESUS CRSITO, amar sempre será permitido. Só os que amam, permanecem em DEUS e DEUS nesta pessoa. Não há lei contrária ao Amor, força motora para a fé e esperança. Amor entre pessoas do mesmo sexo é mais uma das múltiplas formas de amor e de amar, logo, DEUS está presente. Esta é a fé que vence o mundo!

6. Nunca se esqueça que LGBT é o povo escolhido para este tempo, para construir história. Como profetas e apóstolos naturais, temos igual orgulho em sermos perseguidos em nome de CRISTO, por religiosos fundamentalistas e fanáticos, que na desculpa simplista do exercício das suas respectivas fé, justificam nossa trajetória até a cruz, no Calvário, impedindo o exercício de direitos, exatamente como fizeram com JESUS, chamado CRISTO. Porém já estamos ressurgindo e o mar há muito tempo está aberto, aos poucos atravessamos o preconceito, que logo se afogará... Pois antes de tudo, primeiro sonhamos com este dia, e está cada vez mais próximo, e não depende de mim ou de você, mas do Braço de DEUS. Este ninguém pode deter.

7. Formamos nação de sobreviventes que vivem o completo Amor Incondicional de DEUS na luta pelos seus direitos. Por mais que tentem apagar e por anos tenham escondido de nós, sabemos que a Bíblia também compõe a nossa história e não pode ser compreendida quando descontextualizada do tempo lógico-histórico que foi produzida e também traduzida. Logo, a sexualidade gay também é santa. Ser gay é Dom de DEUS!


Leia quantas vezes for necessário. Certamente serão úteis em muitas discussões...

Pode a Bíblia Incluir?


O Reverendo Márcio Retamero lançará seu segundo livro "Pode a Bíblia Incluir? Por um olhar inclusivo sobre as Escrituras”, pela editora Metanoia, no dia 10 de novembro, no Centro Cultural da Justiça Federal na Cinelândia, Rio de Janeiro.

A obra é um guia de leitura inclusiva da Bíblia usando o método histórico crítico de análise das Escrituras, o método mais ensinado nas mais renomadas faculdades de teologia do mundo e ainda não aplicado no Brasil.

Visto que nessas eleições sentimos o peso da ala fundamentalista dos cristãos e evangélicos, trazendo para o debate eleitoral temas como homossexualidade, PLC 122, casamento gay e aborto, o livro é um golpe no fundamentalismo religioso praticado em nosso país.

O Rev. Márcio Retamero é teólogo e historiador, mestre em História Moderna pela UFF/Niterói e pastor da Igreja Presbiteriana da Praia de Botafogo e da ICM Betel do RJ. É o autor de “O Banquete dos Excluídos”, editora Metanóia e assina a coluna Religião do site LGBT “A Capa”.

Ratinho, Adão e Ivo

Participaram do programa do Ratinho do dia 04 de novembro os Reverendos Márcio Retamero (RJ) e Cristiano Valério (SP), da Igreja da Comunidade Metropolitana e o cantor Emanuel de Albertin, autor da "música evangélica" Adão e Ivo, considerada homofóbica.

A intenção foi boa, mas acabou virando barraco, para variar, como pode ser visto no vídeo abaixo.

Sempre embasado em passagens soltas da Bíblia o "cantor" insiste em impedir que os Reverendos expliquem ao público o porquê de considerarem a música homofóbica.

Fico assustada com a intolerância que presencio quando vejo algumas pessoas que se apoiam na Bíblia para julgar a homossexualidade. Essas pessoas parecem se tornar cegas e agressivas para convencer os demais de que somente eles estão certos (vide a quantidade de vezes que o dito cantor se levanta da cadeira e avança sobre os religiosos, que permancem sentados e a quantidade de vezes que os interrompe, tendo inclusive o microfone cortado para permitir que os demais pudessem expor suas idéias).

No mais, fica a dica para outros programas, menos barraqueiros e mais organizados fazerem o mesmo de forma a mostrar à sociedade que o que se deseja com criação de leis pró pessoas LGBT não são regalias e sim, igualdade de direitos.



Playboy da Fani e Natália

Dia 09 de novembro chega às bancas a Playboy com o ensio das ex-BBB Natália Casassola e Fani Pacheco. Em fotos para ousadas, as duas se beijam e se acariciam bastante.

A foto dispensa comentários e dá um prévia do que vai ser... [Afff!]

Acho que essa edição não vai dar para quem quer!

VI Manifesto LGBT de Colatina


Vou deixar só o link para a postagem do pessoal do Babado Certo.

Explica direitinho como será o evento.

PROJETO DIVERSIDADE SEXUAL NA ESCOLA


O Projeto Diversidade Sexual na Escola está selecionando consultores para auxiliar na construção de material de orientação para educadores em Diversidade Sexual e de Gênero na Escola, com foco no currículo e na prática pedagógica. Como trabalho, os consultores terão de pesquisar referências bibliográficas, fazer um levantamento de materiais e atividades didático-pedagógicas e produzir textos que subsidiem a construção do material, relacionando a questão da diversidade sexual e de gênero a áreas curriculares específicas. Este relatório deverá ser entregue em até um mês após o início do trabalho.

REMUNERAÇÃO

Os/as selecionados/as receberão, como prestadores de serviço, uma parcela única de R$ 1.700 (mil e setecentos reais) no momento da entrega do relatório final. Essa consultoria não gera vínculo empregatício.

COMO SE CANDIDATAR

Podem se candidatar pessoas com formação mínima de graduação (concluída), preferencialmente com especialização/mestrado/doutorado.

Os/as candidatos/as podem ser residentes do Rio de Janeiro ou não, desde que tenham amplo acesso a meios de comunicação digitais e eventual possibilidade para viagem.

Os/as candidatos/as devem enviar mensagem eletrônica para o endereço bortolini@pr5.ufrj.br colocando no assunto CONSULTOR + ÁREA A QUE SE CANDIDATA e em anexo a seguinte documentação:

a.. Dados pessoais (constando inclusive endereço e telefone)
b.. Currículo atualizado (modelo lattes)
c.. Pequeno ensaio de até 2 laudas + bibliografia, explanando sobre as possibilidades de trabalho didático-pedagógico da questão da diversidade sexual e de gênero na área curricular específica a que está se candidatando.


A documentação pode ser enviada até dia 21 de novembro de 2010. A previsão é que a divulgação dos resultados ocorra no início de dezembro.

VAGAS

01 Área curricular: Ciências Sociais (ensino fundamental e médio)
01 Área curricular: Ciências Biológicas (ensino fundamental e médio)
01 Área curricular: Língua Portuguesa, Literatura e Redação (ensino fundamental e médio)
01 Área curricular: Ciências Exatas (ensino fundamental e médio)
01 Área curricular: Educação Física
01 Área curricular: Artes (plásticas, digitais, musicais e cênicas)
01 Área curricular: Educação Infantil

Dúvidas e informações: (21) 2598-1892

Projeto Diversidade Sexual na Escola
Universidade Federal do Rio de Janeiro
(21) 2598-1892 / 2598-9695

www.diversidade.papocabeca.me.ufrj.br

Morango está de volta!


Por causa dela, perdi algumas noites de terça assistindo àquele programa imbecil chamado Big Brother, por causa dela minha ex morria de ciúmes, por causa dela perdi horas votando em qualquer pessoa que fosse para o paredão e não fosse seu aliado...

Após ter sido eliminada do BBB10, Ana Angélica deve ter faturado muita grana, pois foram várias festas, ensaios fotográficos, lançou um livro...

E agora ela está de volta com mais um ensaio fotográfico.

Jonto com a atriz Renata Del Bianco, a Vivi da novela infantil Chiquititas, sua nova namorada (droga, podia ser outro sobrenome!).

Abaixo, um vídeo para abrir nosso apetite...

Laerte/Hugo/Muriel



Laerte Coutinho, nascido em São Paulo em 10 de junho de 1951, é um dos principais quadrinistas do Brasil.

Participou de A Balão e O Pasquim e colaborou com as revistas Veja e Istoé e os jornais Folha de São Paulo e Estado de São Paulo.

Criou diversos personagens, como os Piratas do Tietê, Overman, Deus, Hugo Baracchini e, em conjunto com Angeli e Glauco, desenhou as tiras de Los Três Amigos.

Nos últimos tempos, o personagem Hugo passa por uma fase diferente. Hugo ou Muriel trata-se de um homem que gosta de se vestir como mulher (crossdresser).

Engraçado que, nos últimos tempos, o próprio Laerte tem se vestido de mulher com frequencia.

Muriel/Hugo brinca com a paródia do gênero na medida que exagera e imita a performance feminina e masculina.

Abaixo, uma das tirinhas de Muriel/Hugo, publicada após a aprovação do casamento gay na Argentina.

Para ver mais tirinhas, visite o Muriel Total.

Entre no armário também...

Sugestão de uma leitora não muito frequente, mas que tenho carinho profundo.

Zeca Baleiro fala sobre o armário.

Armário
Zeca Baleiro
Composição: Zeca Baleiro


Lembro quando você me falou,
dentro do armário,
só tem bolor e naftalina.
Vem já pra fora, meu bem,
que só aqui é que tem,
calor e adrenalina.

Voltei pra casa,
parei na porta,
pensei um pouco...
Nem morta!

Não posso, não posso,
já falei que eu não posso,
não é que eu não queira,
mas é tão difícil pra mim.

É claro que eu quero,
quero mais que tudo,
mas sinto tanto medo,
um medo absurdo!

Medo dos vizinhos,
medo da mommy,
medo do daddy,
e do meu irmão,
que já foi skinhead.

Oh, meu amor,
ninguém me faz tão feliz,
ninguém me fez tanto bem...

Mas já que eu não posso sair do armário,
peço que você entre no armário também...

Não posso, não posso,
já falei que eu não posso,
não é que eu não queira,
mas é tão difícil pra mim.

É claro que eu quero,
quero mais que tudo,
mas sinto tanto medo,
um medo absurdo!

Medo dos vizinhos,
medo da mommy,
medo do daddy,
e do meu irmão,
Que já foi skinhead.

Oh, meu amor,
você é tudo de bom,
ninguém me fez tanto bem...

Mas já que eu não posso sair do armário,
Peço que você entre no armário também...

Criou Deus macho que prefere macho e fêmea que prefere fêmea


Excelente resposta da Igreja Cristã Contemporânea ao pastor Silas Malafaia.

Campanha FCKH8.COM - EUA

Ao invés de ficarmos brigando para ver qual candidato é menos homofóbico, deviamos nos unir e pensar em campanhas como essa.

Obrigada ao pessoal do Babado Certo por terem, mais uma vez, garimpado isso da Web. Sempre achando pérolas!

Serra defende união civil de homossexuais


Pelo menos um dos candidatos se posicionou efetivamente a favor da união civil homoafetiva.

Dilma ainda não se posicionou oficialmente. Mas nenhum dos dois assinou carta de compromisso nenhuma sobre o assunto, sendo assim, ainda fico com uma pulguinha atrás da orelha.

Mas como disse meu amigo Pólux em comentário feito nesse blog, quem faz as leis não é o(a) Presidente (a). Ele(a) só tem o poder de vetar ou não. O que realmente importa é a Câmara e o Senado, e pelo levantamento da ABGLT,temos uma maioria de aliados por lá.

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, disse ontem que é a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas no que se refere ao casamento gay cabe às igrejas tomar sua posição.

Questionado sobre a posição de Dilma Roussef (PT) de que pretende assinar uma carta contra o casamento gay, o tucano disse que Dilma "tem lá os problemas dela" e ressaltou que essa é uma questão de componente religioso e, por isso, deve ser tratado pelas igrejas. "Eu acho que a questão do casamento propriamente dita está ligada às igrejas. Agora, a união em torno de direitos civis já existe, inclusive na prática pelo Judiciário. Eu sou a favor para efeito de direito", disse Serra, depois de participar de um encontro com representantes de ONGs de combate à Aids em São Paulo.


Fonte: A Gazeta

Dilma ou Serra?


Tenho notado que as pessoas LGBT, em diversos fóruns, postagens em Twitter, ao invés de se unirem e pressionarem seus candidatos para que eles se posicionem a respeito de temas relacionados ao movimento LGBT como casamento e PL 122/2006, preferem ficar expondo o que um ou outro disse contra o movimento ou a favor.

Lanço aqui a seguinte proposta: chega de ficarmos degladiando entre nós mesmos!

Se votaremos em Serra ou Dilma temos que lutar para que eles se posicionem sobre essas questões. Para isso, precisamos mostrar que somos muitos e temos força como os evangélicos e católicos.

Por isso, cobre de seu candidato. Mande mensagens via Twitter cobrando sua opinião, entre nos sites das campanhas e questione-os!

As Associações e Grupos podem fazer bem mais. Mas nós, como simples cidadãos LGBT podemos fazer nossa parte individualmente também.

Twitter dos candidatos:

Dilma - @dilmabr
Serra - @joseserra_

Faça o mesmo com os candidatos a Governador, caso seu Estado tenha o segundo turno!

“Look at Me” - Semi Preciosu Weapon

A musiquinha dá um soninho... Mas lá pelo 1:13 a gente acorda!

Eleições religiosas


Esse ano a Copa foi entediante e as eleições estão me dando nojo. Muita roupa suja lavada e poucas discussões realmente interessantes. A preocupação dos dois candidatos à Presidência é agaranhar o voto dos religiosos de nosso país... a todos custo.

Ontem, dia da padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida, vimos Serra em missa em Aparecida e Dilma se atrapalhando com seu disfarce de católica, com uma performance muito pior que as minhas em uma missa no santuário de Aparecida.

Vejam o vídeo abaixo e reparem a barberagem que ela faz na hora de fazer o sinal da cruz antes da leitura do Evangelho.



O discurso da candidata agora é que ela quer "fazer no segundo turno uma campanha em favor da vida" e que fará uma série de medidas "para fortalecer a família brasileira".

Traduzido para o bom português pelo senador Walter Pinheiro (PT-BA), evangélico: "Vamos deixar claro que, a exemplo do governo Lula, a gestão de Dilma não entrará em assuntos como aborto ou união civil entre homossexuais. Trata-se de temas muito afeitos ao Congresso e a Igreja tem de pressionar os parlamentares para travar essa luta lá dentro".

O mais engraçado é eu ter recebido uma mensagem, antes do 1° turno, informando que essa candidata havia assinado uma carta de compromisso com a ABGLT... (o nome da candidata não se encontra no sítio da Associação como assinante de tal carta).

Serra também entrou na onda do discurso em defesa da vida. Ontem, em Aparecida, começou a entrevista coletiva falando da importância da data (12 de outubro) e que “pensa na criança desde a concepção até a infância” (clara alusão contra o aborto).

Essa candidatura é outra contradição: no dia da Parada de São Paulo defende união homossexual, mas seu vice, Indio "ficha-limpa" disse que irão condenar o Projeto de Lei 122/2006, pois a proposta atenta contra a liberdade de expressão ao prever penas de prisão para manifestações consideradas homofóbicas. Segundo ele, se o projeto virar lei, um dono de restaurante será preso caso impeça um casal gay de fazer sexo em seu estabelecimento (se alguém descobrir onde isso está escrito na PLC 122, por favor, informe-me).

Definitivamente estou pensando seriamente em viajar e curtir o feriado. Justifico o voto e pronto! Mas isso seria totalmente falta de cidadania... Ainda vou analisar um pouco mais se voto em branco/nulo ou em um dos candidatos (somente um deles, pois o outro não voto nem que fosse o único!)

E vamos torcer para que o Brasil vire um país laico, pois essas eleições estão sendo as mais ridículas que já participei, mostrando o como ainda somos regidos pela religião e não pensando em direitos humanos para todos.

Direitos dos homossexuais são defendidos por 154 deputados


Bem, os ditos aliados estão eleitos. Agora vamos esperar para ver se realmente irão cumprir com o termo de compromisso assinado.

E é necessário cobrar também.

E vale lembrar que ainda não acabou. Dia 31, mais um round contra a homofobia.

O novo Congresso terá uma bancada de, pelo menos, 154 deputados e 24 senadores defensores dos direitos dos homossexuais. A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) considera esse levantamento ainda preliminar. A partir de agora, a entidade começará os contatos com os deputados e senadores eleitos em busca de mais adesões para a causa.

Foram definidos como "aliados", os parlamentares que já integram a Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT, os candidatos que assinaram o Termo de Compromisso da ABGLT nas eleições de 2010, Voto contra a homofobia, defendo a cidadania, e os deputados e senadores que já fizeram declarações públicas e atuaram a favor dos direitos humanos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

"Aumentou muito (a bancada). Estão citadas as pessoas que temos certeza que são aliadas. Essas pessoas já se posicionaram publicamente e ainda vamos conversar com as outras que foram eleitas", afirmou o presidente da associação, Toni Reis. Ele considera que, depois dos contatos com os novos parlamentares, não será difícil ultrapassar a bancada deste mandato de 220 parlamentares aliados.

Embora a concentração de aliados esteja entre os partidos chamados de esquerda, os apoiadores da causa LGBT estão em várias legendas. "Nós temos estabelecido muitas pontes com pessoas que não são fundamentalistas evangélicas e que concordam conversar. Não queremos fazer uma guerra santa e ficar batendo boca com os fundamentalistas que não nos respeitam", disse Reis. "Não queremos destruir a família de ninguém nem afrontar os dogmas da igreja. O que nós queremos é um País em que não haja discriminação." A associação considera relevante o fato de parlamentares apoiadores da causa estarem entre os eleitos em primeiro lugar. "Em dez Estados pessoas que nos defenderam como aliados ou como integrantes da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT foram campeãs de voto nas eleições para deputado federal. Isso mostra que não é uma maldição". Entre eles estão Manuela D"Ávila (PC do B-RS), ACM Neto (DEM-BA), Gastão Vieira (PMDB-MA) e Reguffe (PDT-DF).

Na nova bancada parlamentar, estará Jean Wyllys (PSOL-RJ), considerado o primeiro gay ativista eleito para a Câmara. O ex-deputado Clodovil Hernandes, morto em março do ano passado, apesar de ser homossexual assumido não era considerado ativista da causa pela associação. O levantamento da associação mostra que dez governadores, entre os 18 já eleitos, também são aliados da causa.

Entre as principais reivindicações do movimento LGBT estão a aprovação do projeto de união civil entre pessoas do mesmo sexo, a aprovação de leis que combatam a violência e a discriminação contra a comunidade LGBT e a adoção do nome social para as pessoas transexuais.


Fonte: Estadão

Flecha amiga


Pois é... O Serra acabou sendo atingido por uma "flechada" amiga. Índio, seu vice, disse que que Serra vai ser contra direitos dos gays.

De acordo com O Dia On Line

Os candidatos a presidente e a vice, José Serra e Indio da Costa decidiram atender a pedidos de lideranças evangélicas e, durante a campanha do segundo turno, irão condenar o Projeto de Lei 122/2006, que transforma em crime a discriminação a homossexuais.

Indio disse ao Informe que a proposta atenta contra a liberdade de expressão ao prever penas de prisão para manifestações consideradas homofóbicas. Segundo ele, se o projeto virar lei, um dono de restaurante será preso caso impeça um casal gay de fazer sexo em seu estabelecimento.


E agora? Votar em quem?

Casamento gay e Eleições 2010


E que venha o 2º turno!

Pois é, Marina Silva surpreendeu muitos e acabou gerando o 2º turno para a eleição do(a) novo(a) presidente do Brasil. Mesmo sendo evangélica e nada favorável ao casamento entre iguais, votei nela, pois ela demonstrou ser fiel a seus princípios e, mesmo sendo contra o casamento por convicções religiosas, falou ser favorável aos direitos iguais, independente do posicionamento de sua religião, ou seja, mostrou que com ela o país seria laico, mesmo sendo ela evangélica.

E os demais? Serra se disse contra o casamento religioso entre iguais, pois trata-se de algo que o Governo não deve se meter: a religião.

E Dilma? Dilma assinou com os evangélicos uma carta de compromisso dizendo que do Governo não partiria nenhuma iniciativa nesse sentido. Mas poderia sair dos Deputados ou Senadores.

Para minha surpresa, recebo, às vésperas das eleíções, um e-mail informando que Dilma assinou com os movimentos LGBT uma carta de compromisso com eles? Como assim? É contra o casamento homoafetivo, assina uma carta com os evangélicos e em seguida assina outra carta de compromisso, agora com as pessoas LGBT afirmando ser favorável?

Ou ela é muito esquecida e confusa, ou é mal caráter mesmo e quer ganhar a qualquer preço.

Tentei me mater neutra nas postagens sobre política por aqui, mas eis que leio a reportagem abaixo no Mix Brasil e me revoltei.

Leiam e comentem o que acham:



As novas diretrizes da campanha de Dilma Rousseff à presidência, agora coordenada pelo ex-ministro Ciro Gomes, jogará um balde de água fria na militância pró-gay e pró direitos da mulher. Ela declarará ser contra o aborto, eutanásia e casamento gay e a favor da vida. Também dirá que é católica.

O senador Gim Argello (PTB-DF), ligado à ala carismática da Igreja Católica, vai marcar encontros com líderes religiosos conservadores para tentar desfazer boatos que colocaram Dilma em posição contrária aos valores defendidos pela Igreja. Esse seria, segundo os chefes de campanha petista, o principal entrave que levou sua candidatura ao segundo turno.

“Esse boato pegou e estamos trabalhando para mostrar que não é verdade. Essas correntes de internet são piores do que fofoca antiga. Estamos em contato com as redes de comunicação da Igreja para que a Dilma vá e diga que é temente a Deus e nunca defendeu aborto ou casamento gay”, disse Gim Argello.

Dedilhadas


Ah, a Internet... Simplesmente adoro! É cada coisa que encontramos nela.

A nova surpresa (pelo menos para mim) é o canal Dedilhadas, no You Tube.

O Dedilhadas foi criado por Sá Reis e Bobbie Salles, auto classificado como um canal inteligente, batuta, honesto e acima de tudo modesto onde se falará, sem pestanejar, do mundo lésbico, de relacionamentos, baladas, enroscos, prazeres e afins.

Estou amando! O humor e sintonia das duas é ótimo!

Confiram!

PILOTO



COMO VOCÊ DESCOBRIU QUE ERA SAPA?



SAPATÃO NASCEU PARA PAGAR COUVERT?



REBUCETATION: VOCÊ AINDA FARÁ PARTE!



ACEITE COMO SUA LEGÍTIMA ESPOSA



O MEU LADO MAIS SAPATÃO É...

Opiniões sobre "Como Esquecer"


O blog do filme já postou um vídeo com as impressões de quem já assistiu o filme e recentemente colocou algumas declarações.

Posto aqui a opinião de um dos ganhadores dos ingressos para a sessão do filme no Festival do Rio, em 01 de outubro.

Achei o filme de uma sensibilidade enorme. O tema do processo de superação pós término é batido no cinema, mas eles retrataram de uma forma muito original. Outra coisa que gostei muito foi que apesar dos personagens principais serem gays, isso era só um detalhe completamente irrelevante na trama. Eles conseguiram tirar o homossexualismo do foco, e trataram normalmente, mto bem resolvido. [...]

E eu já quero ver novamente. As falas da personagem da Arósio são sensacionais!
(Brunella Soriano)

Não existe amor gay


"Não existe amor gay. Existe amor. Amor é igual pra todo mundo." (Marcelo Carneiro da Cunha - Terra Magazine)

Iniquidade?



Divulgando um post da Fala Rapha. Vamos mudar essa mentalidade nas urnas! Vote consciente!

A Arte de Perder

Esse será o título do novo filme de Bruno Barreto.

Ele irá retratar a vida de Lota de Macedo Soares, arquiteta que idealizou e realizou o Parque do Flamengo, no cinema.


Lota Macedo Soares morava em Nova York em 1942 com sua companheira Mary Morse. Fazia cursos no Museu de Arte Contemporânea e dali extraía idéias para serem aplicadas no Brasil. Nesse período conheceu Elizabeth Bishop, uma poetisa muito tímida, que sonhava conhecer o sul da América.


Lota será representada por Glória Pires.

O longa será ambientado no Brasil dos anos 1950 e 1960 e deve ser rodado no segundo semestre do ano que vem, com filmagens no Rio, Petrópolis, Nova York e Veneza.

Parceria de Bruno Barreto com Glória Pires não deve ser porcaria, certo? Mais uma produção para esperar ansiosamente.

Quer assistir "Como Esquecer" de graça?


Quer ganhar um ingresso para assistir "Como Esquecer" no Festival do Rio?

Basta responder à pergunta a seguir e enviar para o e-mail pfresta@gmail.com.

Pergunta: Qual é o nome do personagem interpretado por Murilo Rosa no filme Como Esquecer?

Os 8 primeiros que responderem levam o ingresso.

ATENÇÂO!

Esta promoção é válida somente para a sessão do dia 1º de outubro, sexta-feira, no Pavilhão do Festival do Rio. Qualquer ganhador que não comparecer à sessão perderá automáticamente seu ingresso.

Cada ganhador terá direito a 1 (um) ingresso, que deve ser retirado no dia da exibição, no próprio local, entre às 14:00 às 14:30. A sessão começa logo em seguida.

Promoção válida somente para o Rio de Janeiro.


Após a sessão, acontecerá um debate com a diretora, a produtora, o roterista José Carvalho e todo o elenco. Estão todos convidados!

Endereço

Pavilhão do Festival (Centro Cultural da Ação da Cidadania) – Rua Barão de Tefé 75 – Zona Portuária

Abominação


Vou responder o colega gsgenilson123, que postou um comentário já esperado em uma de minhas postagens com um estudo bíblico de qualidade e não com aquele velho blablabla de pessoas que não estudam a Biblia e sim a leem, ao pé da letra, esquecendo-se sua etimologia, cuja fonte é o site Deus e Homossexualidade.

O termo “abominação” (to’ebah ou toevah) é um termo religioso, usualmente utilizado para condenar a idolatria e não propriamente um mal moral. De acordo com alguns autores, o verso bíblico parece se referir ao templo de prostituição, uma prática comum no Oriente Médio na época de Moisés. Qadesh se referia aos homens que praticavam a prostituição religiosa como forma de idolatria, prática comum entre os povos politeístas. A passagem está cercada por outras contra o incesto, a bestialidade, o adultério e relações sexuais com mulher menstruada. Entretanto, segundo os estudiosos, é o único verso desta passagem que utiliza o termo religioso abominação.

(LV 18:22) "Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;"

(LV 20:13) "Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles."


Esta condenação a atos homossexuais advém de várias causas: sociais, culturais, ritualísticas e históricas.

Uma pequena e fortificada comunidade como a dos judeus necessitava de uma poderosa ética social para a procriação a fim de garantir a perpetuação de seu povo diante da tremenda taxa de mortalidade infantil, doenças, baixa expectativa de vida e guerras constantes. A procriação era valorizada como uma benção de Deus e uma prova de sua satisfação. A esterilidade era vista como uma maldição de Deus e justificativa para se abandonar uma esposa, já que os homens nunca eram vistos como os prováveis “culpados” da falta de filhos de um casal.

(DT 7:14) "Bendito serás mais do que todos os povos; não haverá estéril entre ti, seja homem, seja mulher, nem entre os teus animais."


A sociedade patriarcal da antiga comunidade dos hebreus enfatizava a dignidade do homem sustentada, politicamente, por batalhas vitoriosas, domesticamente, por dominarem suas mulheres e, biologicamente, por meio da procriação.

Os atos homossexuais ficaram culturalmente estigmatizados no Oriente Médio como um sinal de submissão e desprezo. Os Egípcios, por exemplo, estupravam publicamente seus inimigos derrotados (homens e mulheres) a fim de humilha-los. As mulheres, por serem consideradas inferiores. E os homens, para compara-los às mulheres.

Em nenhuma passagem da Bíblia existe uma condenação da homossexualidade em si. Os autores bíblicos sempre enfatizaram como sendo ela uma “circunstância agravante” de outras práticas, como a idolatria, a prostituição com rituais sagrados, promiscuidade, estupro violento e sedução de crianças.

A cultura presente entre os cananeus, por exemplo, costumava praticar a adoração de ídolos, algo “abominável” perante Deus, segundo os hebreus.

Além disso, existia entre os hebreus a noção do pecado original, bem como um conceito de que a semente do macho que fosse desperdiçada significava a “não-geração” de um novo filho de Israel.

Segundo os estudiosos, no livro de Levíticus a palavra “abominação” é traduzida da palavra hebraixa toevah, a qual se refere, especificamente, a ídolos. Uma vez que a cultura do povo cananeu incluía ritos de fertilidade e que eram, na verdade, várias espécies de intercurso sexual nos templos, qualquer identificação com aqueles ritos era considerada desagradável aos olhos de Deus. Toevah pode ser interpretada como alguma coisa que desagradava Deus porque ela tinha de ser praticada com ídolos.

Sugerir que as proibições desta passagem em Levíticus se referem à homossexualidade é recusar em reconhecer como também aplicáveis outras sansações contra atividades associadas pelos sacerdotes levíticos da época com a adoração praticada pelos cananeus, também vistas como “abominações”.

A Bíblia foi escrita por HOMENS e não por DEUS. E usando o divino, criaram regras, normas, que condiziam com a realidade da época. Infelizmente, ignorantes insistem em querer usar o Velho Testamento, esquecendo-se que Jesus, ao vir à Terra somente pregou o amor pelo próximo.

gsgenilson123, desculpe ter postado aqui e não ter lhe enviado por a resposta, mas seu perfil é bloqueado (Tem medo de algo, irmão? Algo a esconder?). Caso não compreenda alguma palavra no texto ou queira discutir mais a fundo sobre o tema, mantenha contato.

"Se você não acredita em casamento gay, então não se case com alguém do mesmo sexo". (Wanda Sykes)

Novela Global terá personagem lésbica


E mais uma novela Global terá um personagem homossexual.

Em "Insensato Coração", próxima novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, Cristiana Oliveira será a homossexual Araci, a carcereira da prisão onde a personagem de Glória Pires ficará presa.

Para fazer o papel, a atriz vem visitando pentenciárias femininas e também vai precisar engordar quase 10 quilos. Sua personagem será uma mulher forte e sem vaidade.

A atriz também vem pegando pesado na academia para ficar com os braços sarados (Delícia! rs)

- Elas também são muito fortes, malham usando garrafas de areia. Quero fazer a personagem da maneira mais realista possível, diz a atriz (espero que ela esteja se referindo às presidiárias e não às lésbicas. Prefiro malhar com peso emborrachado!)

Cristiana também vai tatuar o corpo inteiro (de mentirinha, né?) e usará tranças presas aos cabelos.

- Vou ficar muito feia - avisa.

Ela tem passado os dias em penitenciárias como a Talavera Bruce, em Bangu, Zona Oeste do Rio.

Agora é esperar para ver até onde irá a homossexualidade da personagem. Se irá refletir sobre alguns aspectos de nossa realidade ou se vai somente ser mais um personagem estereotipado...

PS: Olho para foto e me pergunto: "Tem como ficar feia?"

Como Esquecer - Entrevista com Ana Paula Arósio


O blog do filme Como Esquecer disponibilizou uma entrevista com Ana Paula Arósio. Linda, de cabelo joãozinho, ela fala sobre sua personagem, Julia.



Blog
http://comoesquecer.wordpress.com/

Facebook
http://www.facebook.com/home.php?#!/profile.php?id=100001128918215&ref=ts

Orkut Como Esquecer – O Filme
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=15085699054112412672

Twitter
www.twitter.com/como_esquecer

Youtube
http://www.youtube.com/user/comoesquecerofilme

Flickr
http://www.flickr.com/photos/comoesquecer/

Balada Colorida


E os héteros começam a invadir as baladas (aqui no Espírito Santo, rocks) LGBT em busca de tranquilidade e boa música.

Acho isso super legal, afinal, a segregação nunca é algo saudável. O ideal seria que todos pudessem frequentar o mesmo espaço.

É sobre esse assunto que tratou uma das reportagens de sexta-feira do Jornal A Gazeta. A invasão hétero nas boates gays da Grande Vitória.

Legal ver uma reportagem sobre esse assunto no caderno sobre diversão. Mas quando ocorre o contrário, geralmente vemos essa notícia no caderno policial. Como quando três travestis foram impedidos de entrar em uma das boates da Grande Vitória por não estarem "vestidos como homens". Resultado: ganharam uma boa indenização que o dono da boate quis trocar por ingressos vips.

Pena que muitos desses frequentadores héteros de boates LGBT - me refiro aqui aos homens - vão para tentar pegar as lésbicas e bissexuais frequentadoras (já sofri tentativa de agarradamendo por dois em boates da GV e só devo ter ido umas 5 vezes nelas).

Acho realmente super saudável esse intercâmbio mas, assim como eles cobram "respeito" das pessoas LGBT à orientação sexual hétero deles, eles deveriam fazer o mesmo, comportando-se adequadamente em um local onde as mulheres, em sua grande maioria, estão interessadas em mulheres e os homens, neles (rs).

E mais saudável seria se a recíproca também fosse verdadeira e gays e lésbicas pudessem frequentar boates héteros sem receber, na melhor das hipóteses, olhares reprovadores dos frequentadores.

Noite de sexta-feira. Passa de meia-noite e uma fila de baladeiros dobra a esquina de uma boate na Praia do Canto, ocupando a calçada. Por trás dos muros da casa, ladeada por uma varanda, já se ouve um burburinho, sinal de que a balada promete. Na pista, luzes coloridas dançam velozes, conforme a música, eletrônica e sedutora.

Quem entra vê que o clima é de alegria, e a ordem é dançar. Trata-se de uma balada gay comum, no clube LGBT Ink Lounge, na Praia do Canto. Mas não tão comum assim. É notável que casais e solteiros heterossexuais invadiram a pista "colorida". O motivo: solteiros querem apenas curtir a noite sozinhos, sem azaração; casais querem apenas se divertir a dois, sem perturbação ou brigas por ciúmes.

É o caso do analista de sistemas Danilo Moraes, 31 anos, e de sua namorada, a estudante Paula Orrico, 23. Eles já se esbaldaram juntos na Move Music, em Goiabeiras, e ela, em sua primeira ida à Ink Lounge, não poupou elogios à casa. "A música é ótima, a galera ri e se joga mesmo. A balada fica ainda mais divertida quando vamos com uma turma de amigos, a maioria gays. Adoro!", conta a moça.

Fã de música eletrônica - carro-chefe na noite colorida -, Danilo já perdeu a conta de quantas vezes frequentou boates LGBT na Grande Vitória. Preconceito ele já sofreu, mas tirou de letra. Cantadas? Leva na esportiva. "Não devo nada a ninguém. Nunca fui desrespeitado em uma balada gay. Tenho vários amigos homossexuais, e quando fui a uma boate GLS pela primeira vez, tinha um certo preconceito", confessa. "Mas gostei tanto da música e de ver que as pessoas só estavam ali para se divertir, que passei a ir com frequência".

De fato, a balada está cada vez mais democrática. O gueto que separa homos de héteros está chegando ao fim. É o que diz Paulo Pringles, DJ paulista que fez ferver a pista lotada da Ink na última sexta. "Acho mais comum um hétero ir à balada gay do que o contrário. As mulheres gostam de ver caras bonitos, malhados. E os gays se cuidam, vestem-se bem. Daí vários homens héteros vão às festas LGBT atrás dessas mulheres", teoriza.

Sem amolação
Porém muitas (senão a maioria) das baladeiras que circulam livres e soltas na noite gay não querem saber de azaração. Por isso escolhem as boates LGBT para dançar até altas horas, sem amolação, sozinhas ou com os amigos.

A estudante Gisele Santiago foi para a pista da Ink com a amiga Keila Ferreira. Levou também o namorado, mas não a tiracolo. "Ele me deixa livre para dançar, pois sabe que ninguém vai me incomodar", conta.

O estudante Kadu Almeida, que trabalha na casa como iluminador, também curte a balada despreocupado na companhia da namorada, Thaís Souza. "Não me importo de deixá-la sair de perto de mim para buscar bebida ou ir ao banheiro pois o pessoal respeita, tanto héteros quanto gays. Também fico relaxado pois sei que não vai ter briga, o clima é de paz", diz.

É isso mesmo. "A balada gay pode ser definida com uma palavra: liberdade", comenta o cabeleireiro Kady Kettyllyng, frequentador assíduo da casa. Para outro habitué, o maquiador Victor Dinelly, a "invasão" hétero não atrapalha. Pelo contrário, ele garante, a tendência é globalizar.


Fonte: A Gazeta

7ª Parada Gay de São Mateus-ES



Domingo, dia 26 de setembro, saindo do Lions Club, 7ª Parada Gay de São Mateus. Bem que podia ser em Guriri, né? Ia ser legal ver o calçadão colorido...

Desculpem meus poemas


O que são poemas?
Realidade ou devaneios?
Um poeta não vive a realidade
Ela é dura e cruel
A realidade não se controla

Poemas são devaneios e delírios
Extratos de uma realidade imaginária
De um passado não mais real

Não julgue meus poemas
Não condene meus sonhos
Não machuque minhas ilusões
Deixe-os serem belos e ilusórios

Mas se meus poemas fizerem alguém sofrer
Perdoe essa poeta
Que só da vida à palavras, metáforas e sonhos

Somente reflita
Sonhos também não se controlam
Mas sonhos não são reais

Ooops!


E hoje, depois de alguns dias de viagem, minha mãe comenta no almoço que Adriana Calcanhotto havia casado com a filha de Vinícius de Morais. Aí eu comento que a Thammy Gretchen também havia casado e ela disse que sabia.
Então ela pergunta: -Já tem casamento homossexual?

E eu respondo, com certa propriedade sobre o assunto.

Tô dando muito na pinta?

Quebraram o sigilo da Dilma????


Chegando do cinema, onde assisti Kick Ass e recomendo e preparando-me para dormir, decidi dar uma lida nos meus e-mails antes de ir para cama.
Uma das mensagens era uma atualização do site Babado Certo e... SUSTO: Dilma é gay?!

Como assim? Atordoada, recorro ao Sr. Google, que comprova a notícia, digo, boato.

De acordo com vários blogs e sites Dilma Rousseff teve um romance de 15 anos com Verônica Maldonado que está entrando com pedido de pensão, visto que ela abandonou o emprego e depois foi trocada por Brasília.

“Nos relacionamos durante mais de quinze anos, mas quando surgiu essa oportunidade em Brasília, ela nunca mais quis saber de mim”

Verônica afirma possuir fotos, cartas e outros documentos que comprovam a relação duradoura e pretende pleitear na justiça o direito à uma pensão mensal.

Segudo o advogado de Verônica, o ganho de caso é praticamente certo, visto que Verônica tem como comprovar a existência de uma relação estável e duradoura.

E as eleições 2010 começaram a ficar interessantes!

Como esquecer - Quem já viu, fala sobre o filme


O blog do filme "Como esquecer" apresenta vídeo com as primeiras impressões sobre o filme. Quem já assistiu, fala sobre ele.



Quem quiser saber mais sobre a produção poderá participar do chat com a produtora, Elisa Tolomelli, na terça-feira, às 18:00 hs.

Link do evento no facebook

Link do evento no Orkut

Saudades


Saudade. Palavra somente conhecida por poucos idiomas.
Saudade. Descreve a mistura dos sentimentos de perda, distância e amor.
Saudade. Palavra sentida por poucos (ou por muitos?)
Mas como descrever saudade de algo que me acompanha?
Saudade de uma pessoa que está a meu lado?
Saudade de você?
Te perdi te tendo a meu lado. Te perdi sem notar.
Te tenho próxima, mas te sinto tão distante!
Agora choro, dia e noite, a saudade de ti.
Saudades de algo tão próximo.
E me consolo em seu colo, em seu braço.
Saudade de um passado tão próximo e de um futuro incerto.

18º Festival Mix Brasil


Quer ter seus três minutos de fama?

A Bossa Nova Films, produtora de áudio visual paulista, busca pessoas que queiram aparecer em filmes de divulgação do 18º Festival Mix Brasil de Cinema da Diversidade Sexual.

A produtora procura pessoas de São Paulo com os seguintes perfis: homens com idades entre 18 e 25 anos, atléticos e que gostem de dançar e pessoas na mesma faixa de idade, de ambos os sexos com qualquer tipo físico.

Quem quiser participar, apareça na no Estúdio Locall, localizado à Rua Caravelas, 178 - Vila Mariana na próxima segunda-feira, 20/09, das 10 às 19 horas.

Quem for escolhido para uma das produções embolsa R$ 100.

Para mais informações: (11) 9919 2630 ou (11) 7726 6712

O 18º Festival Mix Brasil da Diversidade Sexual será realizado entre 11 e 21 de novembro de 2010 em São Paulo e segue em itinerância por outras cidades até meados de dezembro.

Minhas Mães e Meu Pai


Saiu o nome em português do filme The Kids are All Right com Julianne Moore, Anne Bening e Mark Ruffalo: Minhas mães e meu pai - uma família nada convencional.

Bem recebido nos festival de Sundance e de Berlim, o tem previsão de estreia no Brasil para o dia 12 de novembro.